0 Violência Doméstica

Olá meninaaas...

Você sabia que uma em cada três mulheres já sofreu violência física, sexual ou foi submetida a algum tipo de abuso?  Na maioria da vezes o autor desse “crime” é o homem, com o qual já manteve algum tipo de relacionamento.
Esse tema é constante em novelas, telejornais, escolas, palestras, na rua, entre amigas e vizinhas... E é realmente inacreditável como só aumenta o número de mulheres que sofrem algum tipo de violência doméstica.
A Avon coordena uma campanha pelo respeito a mulher, ao ser humano, Campanha  Fale Sem Medo – não à violência doméstica (maiores informações Aqui ).
Junte-se a essa causa.
Você já deve ter visto em várias reportagens que as mulheres que sofrem esses tipos de abusos são ameaçadas, ou tem alguém da família ameaçada, o que deve ser uma tortura constante, e isso faz com que não seja feita a denúncia contra o agressores. Para isso, listei abaixo algumas dúvidas sobre esse assunto que assusta a todas nós. A agressão pode ser de um namorado, marido, familiar... Não tem regras. Pode começar com um tapa, um soco, um simples empurrão e não ter mais limites. Se isso acontece com você liberte-se já. Ame-se.




1-      O QUE É VIOLÊNCIA DOMÉSTICA?
É abuso físico ou psicológico de um membro de um núcleo familiar e relação a outro, com o objetivo de manter poder ou controle. Esse abuso pode acontecer por meio de ações ou de omissões. A maioria das vítimas desses crimes são mulheres.

2-      MUITAS MULHERES SOFREM VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NO BRASIL?
Estima-se que 2 milhões, a cada ano, sofram . Elas vêm de toda as camadas sociais e possuem várias profissões e níveis de escolaridade.

3-      EXISTE UMA LEI QUE PROTEJA A MULHER QUE SOFRE ESSE TIPO DE VIOLÊNCIA?
Sim, a Lei Maria da Penha, em vigor desde 2006. Ela vale apenas para casos de violência doméstica e familiar contra a mulher.

4-      QUEM É MARIA DA PENHA?
É uma biofarmacêutica cearense, mãe de três filhas e avó. Ela foi agredida várias vezes pelo marido e, enquanto dormia, levou um tiro disparado por ele e ficou paraplégica. Hoje ela trabalha pela causa.

5-      PORQUE É PRECISO UMA LEI ESPECIAL SÓ PARA PROTEJER MULHERES?
Porque ainda existe a ideia equivocada de que briga entre marido e mulher é algo natural e o casal deve resolver o prblema sozinho. Por isso, muitas mulheres agredidas tinham a experiência terrível de serem desconsideradas ou até humilhadas ao procurarem ajuda. Além disso, essas mulheres estão muitos vulneráveis, porque o agressor conhece suas fraquezas, seus medos, suas rotinas, seus parentes.

6-      O QUE A LEI MARIA DA PENHA TROUXE DE NOVO?
O principal foi fazer a violência doméstica contra a mulher deixar de ser consderada um crime de menos poder ofensivo, punido com multa ou cestas básicas. Agora a pena é de 1 a 3 annos na prisão. Além disso, o juiz pode obrigar o agressor a participar de programas de reeducação ou recuperação. Essa lei também criou novas formas de proteção á mulher ameaçada.

7-      O QUE É VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA AMULHER, SEGUNDO A LEI?
É fazer ou não fazer algo a uma mulher, capaz de causar sua morte, lesão, sofrimento físico sexual ou psicológicoe dano moral ou patrimonial. Mas o agressor e a vítima precisam  ser membros de uma mesma família ou existir algum tipo de vínculo íntimo afetivo entre eles.

8-      ENTÃO NÁ É SÓ BATER?
Não, é também xingar, humilhar, ridicularizar, prender, chantagear, impedir de receber visitas, privar de alimento, dinheiro, saúde, obrigar a assinar documentos, entre outras atitudes.

9-      A LEI SÓ VALE PARA QUEM MORA JUNTO?
Não, ela atinge também namorados, noivos e parceiros, assim como ex em geral, mesmo morando em casas separadas.

10-    O AGRESSOR SEMPRE VAI PRESO?
Só se for pego em flagrante, se o comportamento dele oferecer grande risco à mulher ou se ele for condenado ao final do processo.

11-   A MULHER PODE DESISTIR DO PROCESSO?
A nova lei torna mais difícil essa desistência, porque agora ela só pode acontecer em alguns casos e na frente do juiz. Durante o processo, porém, o juiz tem autoridade para tomar decisões adequadas ao caso e até pode, em alguns casos, suspender o processo, para dar uma chance ao agressor para mudar, de verdade, seu comportamento. O objetivo é sempre proteger a mulher.

12-    A MULHER TEM QUE IR A UMA DELEGACIA DA MULHER PARA FAZER A DENÚNCIA?
Não, mesmo porque existem poucas funcionando no país. Essas delegacias oferecem atendimento especial., com policiais do sexo feminino, e diminuem muito a chance de constrangimentos. Porém as delegacias comuns têm a mesma obrigação de registrar o caso e dar início ao processo.

13-   E  SE A MULHER JÁ FOI AGREDIDA OU CORRE RISCO?
A lei oferece várias medidas para proteger a integridade física e o patrimônio da mulher. Ela prevê a saída do agessor de casa, a proteção dos filhos, direito de a mulher reaver seus bens e cancelar procurações feitas pelo agressor e até uma distância mínima para ele se manter em relação à viítima. Em casos extremos, o juiz pode direcionar a mulher para um abrigo – mas eles são em número muito pequeno.

14-   PORQUE MUITAS MULHERES CONTINUAM COM O AGRESSOR?
Por vários motivos e todos muito complexos. Algumas vezes, a mulher simplesmente não encontra saída para seu problema, seja porque tem medo de sofrer violência maior, seja por não ter condições econômicas de viver sem o agressor. Ou simplesmente porque acreditar que ainda poderá construir uma vida feliz com aquele homem. É preciso compreender essa dificuldade e apoiar a vítima.

15-   SAIR DA RELAÇÃO É A MELHOR SOLUÇÃO?
A melhor solução é sempre a integridade física e psicológica de todos os envolvidos. Se para isso for necessário a mulher abandonar a relação, ela certamente deverá tomar essa aitude, mas sempre com muito cuidado, buscando apoio de familiares, amigos e profissionais. Ao contrário do que se pensa, porém, muitos casais conseguem recosntruir a vida em comum, mesmo após um histórico de violência, após contarem com auxílio de profissionais.

PARA RECEBER ORIENTAÇÕES PELO FONE 180 (trata-se de um serviço gratuito oferecido pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres. Funciona 24 horas por dia). A ligação é gratuita e você não precisa se identificar.



Campanha Instituto Avon
Fontes Mistas

Bjuxxx e até a próxima...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

 

Designed by: Marta's Bgfs.com/Copyright©/2010/Com Imagens de: Elitize